Banda larga no Brasil

O ministro das Comunicações planeja ressuscitar a antiga Telebrás para implantar o acesso à internet em banda larga em 90% do território nacional ainda no segundo mandato do presidente Lula. O projeto custaria entre R$ 2,5 bilhões e R$ 3 bilhões e seria montado pela integração das redes de fibras óticas de Petrobras, Eletrobrás e outras empresas públicas.
Levantamento da Telebrasil aponta que o segmento de Internet por banda larga - tráfego de dados em rede de alta velocidade - é o que mais cresce em número de assinantes no setor de telecomunicações no Brasil. Até dezembro de 2007, serão 8 milhões de usuários, 30% acima do ano passado. Até 2010, a expectativa é que esse número dobre, chegando a 15 milhões de usuários. Como quase todo mundo já possui celular, agora o que todo mundo quer é acesso rápido à internet. Nada mais lógico. Afinal, acessar Internet por linha discada é algo impraticável.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License